Beijo na testa é pior do que separação

Beijo na testa é pior do que separação

Editora: Primavera editorial

Autor: Felipe Pena

Beijo na testa é pior do que separação traz crônicas escritas em um estilo singular que mistura lirismo e bom-humor. Embora o fim das relações amorosas permeie a obra, Pena consegue falar sobre a separação sem cair na desesperança. Estão presentes nas crônicas muitos outros “fins”, alguns talvez ainda mais dramáticos do que os rompimentos amorosos. O fim da vida, por exemplo, é tratado pelo autor com fina ironia na crônica “Instruções para o meu funeral”. Política, jornalismo, literatura e o Rio de Janeiro – cidade do autor – são temas abordados sempre sob a ótica da separação. No total, são 40 crônicas, incluindo inéditas e também algumas publicadas em revistas, jornais e em outros livros.